Obras de Ludwig van Beethoven

Após o sucesso das edições da Série Sala de Música dedicadas a Bach e Mozart, a Sala apresenta agora dois concertos dedicados ao mestre de Bonn: Ludwig van Beethoven.

Abrindo a apresentação, teremos Septeto Op.20, em Mi Bemol Maior, uma das últimas obras que Beethoven escreveu antes do agravamento de sua crise de surdez. De caráter leve e de instrumentação graciosa, o septeto é uma obra da juventude com ar de uma serenata do século XVIII. Com uma escrita interessante e cheia de passagens virtuosas para todos os instrumentos, o septeto atingiu imediata popularidade na ocasião de sua première e permanece ate hoje no repertório padrão de formações de câmara mais extensas. Interpretando o Septeto, teremos o Quarteto Radamés Gnattali, os instrumentistas de sopro Marcio Miguel Costa, Felipe Destefano e Thiago Martins,  além do contrabaixista Rodrigo Fávaro.

Na segunda parte do programa, teremos o Trio para Piano Op.97, em Si Bemol Maior, apelidado “Arquiduque” por conta de sua dedicatória ao patrono e amigo de Beethoven, o arquiduque Rudolph da Áustria. Beethoven, no fim de sua vida e refletindo sobre o seu legado, considerou este trio uma de suas mais importantes criações. Pela primeira vez em uma obra do gênero, o piano, o violino e o violoncelo assumem um status de igualdade, o que fez com que a obra se tornasse um cânone da música camerística. Para interpretar o “Arquiduque”, apresentam-se a violinista Carla Rincón, o violoncelista Hugo Pilger e o pianista Leonardo Hilsdorf.

 

P R O G R A M A

Obras de Ludwig van Beethoven

Septeto em Mi Bemol Maior, Op. 20
– Adagio. Allegro con brio
– Adagio cantabile
– Tempo di menuetto
– Tema con variazioni: Andante
– Scherzo: Allegro molto e vivace
– Andante con molto alla marcia – Presto 

Quarteto Radamés Gnatalli
Carla Rincon, violino
Marco Catto, viola
Hugo Pilger, violoncelo

Marcio Miguel Costa, clarinete
Felipe Destefano, fagote
Thiago Martins, trompa

[INTERVALO]

Trio para Piano em Si Bemol Maior, Op. 97 “Arquiduque”
– Allegro moderato
– Scherzo. Allegro
– Andante cantabile ma però con moto
– Allegro moderato 

Leonardo Hilsdorf, piano
Carla Rincon, violino
Hugo Pilger, violoncelo

 

Ingressos disponíveis na bilheteria da Sala Cecília Meireles ou através do site www.ingressorapido.com.br