Orquestra Sinfônica de Barra Mansa
Vantoil de Souza, regente
Edna D’Oliveira, soprano

A Orquestra Sinfônica de Barra Mansa é o principal conjunto do Projeto Música nas escolas, projeto de disseminação da música no município fluminense que transformou as escolas públicas em polos de prática instrumental. Reconhecida por sua qualidade técnica e pelo vigor de seus jovens músicos, a orquestra entusiasma os convidados que recebe e o público que a assiste e vem recebendo elogios da crítica especializada.

Bacharel em Regência pelo Centro Universitário de Barra Mansa, Vantoil de Souza estudou em Riva del Garda, na Itália, com Isaac Karabtchevsky, e no Conductors Institute at Bard College, em Nova Iorque, com Harold Farberman, um dos maiores professores de regência dos Estados Unidos. Com a Orquestra Sinfônica de Barra Mansa, acompanhou grandes solistas brasileiros e estrangeiros, como o violinista brasileiro Daniel Guedes, Emmanuele Baldini, Barry Douglas, Danial Austrich e Leo Gandelman.

Uma das mais importantes sopranos na cena lírica brasileira, aclamada por suas interpretações de Villa-Lobos, Edna d’Oliveira foi chamada de “a Kathleen Battle brasileira” após sua estreia no festival Brazilian Classics do Arsht Center of Miami. Participou de várias masterclasses em Nova Iorque com cantoras tais como Joyce Didonatto. Em 2013, Edna abriu a temporada de “La Cenerentola”, de Rossini, no Teatro São Pedro, performance que lhe rendeu inúmeras críticas destacando seu desempenho vocal e performático.

P R O G R A M A

Robert Schumann
Introdução, Scherzo e Finale, Op. 52
– Overture
– Scherzo
– Finale

Reinhold Glière
Concerto para Soprano Coloratura e Orquestra, Op. 82
– Andante
– Allegro

[INTERVALO]

Robert Schumann
Sinfonia No. 1, em Si Bemol Maior, Op. 38, “Primavera”
– Andante um poco maestoso – Allegro molto vivace
– Larghetto
– Scherzo – Molto vivace
– Allegro animato e grazioso

 

Ingressos disponíveis na bilheteria da Sala Cecília Meireles ou através do site www.ingressorapido.com.br