Sala Popclassic
Orquestra Sanfônica do Rio de Janeiro
Formada por sanfoneiros, cantores e percussionistas, a orquestra resgata os áureos tempos do instrumento de fole no Rio de Janeiro e no Brasil.
Sala Cecília Meireles
9 nov sáb 20H
sobre os músicos

Maestro         Marcelo Caldi Magalhães

Sanfoneiro    Alberto Amarante de Almeida Magalhães

Cantor            Ananias Ribeiro

Sanfoneiro    Beatriz Iolanda Gouvea

Sanfoneiro    Cosme José Marques da Silveira

Percussão      Daniel de Melo Silva

Sanfoneiro    Daniel Santos

Sanfoneiro    Gentil Cordeiro

Sanfoneiro    Luciane Barbosa Antunes

Sanfoneiro    Luiza Aquino Salles

Cantora          Maria Ieda Silveira Antunes

Sanfoneiro    Norma Cristina Nogueira

Sanfoneiro    Paulo Rodrigo da Silva Ferreira

Percussão      Paulo Santil da Cunha Neto

Sanfoneiro    Pedrita Rocha Andrade

Sanfoneiro    Priscila Alves Canano

Sanfoneiro    Raimundo Antonio Mesquita

Sanfoneiro    Roberto Albarus

Sanfoneiro    Roberto Salgado Kauffmann

Rabeca           Rodrigo Magno Costa e Silva

Contrabaixo  Rodrigo Sebastian de Moraes Abramovitz

Cantora          Valdeneide Cabral Nascimento Rocha Santil

sobre o evento

A Orquestra Sanfônica do Rio de Janeiro, formada por sanfoneiros, cantores e percussionistas, resgata os áureos tempos do instrumento de fole no Rio de Janeiro e no Brasil, e inova ao incluir em seu repertório canções regionais nordestinas ao lado de músicas clássicas.

O objetivo é romper as fronteiras da música e revelar a grandiosidade e versatilidade do instrumento, expandindo-o para novas fronteiras sonoras. A Orquestra é idealizada e comandada por Marcelo Caldi, expoente da nova geração brasileira de músicos e um dos responsáveis por revitalizar o acordeom no cenário contemporâneo, dando ao fole um novo “sotaque”, em diálogo com o choro, baião, tango e outros gêneros latinos. Caldi é também diretor musical e arranjador do grupo.

Além do ineditismo de reunir vários acordeões numa única formação em terras cariocas, outro diferencial da Orquestra é a heterogeneidade do grupo, do qual fazem parte professores, autodidatas no instrumento, estudantes universitários e artistas circenses, provenientes de várias regiões da cidade e de classes sociais distintas. Recentemente, o grupo se valeu da linguagem do circo, por meio de números clássicos, numa série de apresentações ao público nas praças do Rio de Janeiro.

programa

Marcelo Caldi

Dórico

 

Villa-Lobos

Bachianas nº 4

1º movimento – Prelúdio

 

Oswaldinho / Roberto Stanganelli

Lamento nordestino

 

Silvério Pontes / Marcelo Caldi

Carnaval Sanfônico

 

Richard Galliano

Laurita

 

  1. Piazzolla

Oblivion

 

Sivuca / Humberto Teixeira

Fogo pagô

 

Tchaikovsky

Valsa das flores

 

W.A. Mozart

Alla turca

 

J.S. Bach

Jesus alegria dos homens

 

Marcelo Caldi

Tango sanfônico

 

Marcelo Caldi

Choro de fim de tarde

 

Pixinguinha / João de Barro

Carinhoso

 

Roberto Kauffmann / Marcelo Caldi

Simplificando

 

Marcelo Caldi

Lembrei do Ceará

patrocínio

 

Próximos eventos Sala Cecília Meireles
programação completa